Vivência ao ar livre na retomada das aulas também é questão de saúde

Porvir

Por mais que escolas tenham menos alunos em aulas presenciais, é em ambientes fechados que o risco de contaminação pelo coronavírus é maior. Nesse contexto, as atividades ao ar livre passaram a ser pauta recorrente no debate sobre a retomada das atividades presenciais nas escolas. Se antes a vivência fora das quatro paredes era encorajada no sentido de incentivar o contato com a natureza e a movimentação das crianças, hoje trata-se de uma questão de saúde pública.

https://porvir.org/vivencia-ao-ar-livre-na-retomada-das-aulas-e-questao-de-saude/  

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *