Decotelli deixa MEC após revelações de falsidades em currículo

Folha de São Paulo

O ministro da Educação, Carlos Decotelli, anunciou o pedido de demissão nesta terça-feira (30), cinco dias após ser nomeado para cargo pelo presidente Jair Bolsonaro.

O agora ex-ministro confirmou a saída à Folha. A demissão foi a maneira encontrada pelo governo para encerrar a crise criada com as falsidades no currículo divulgado por Decotelli, o terceiro ministro da Educação da gestão Bolsonaro.

https://www1.folha.uol.com.br/educacao/2020/06/decotelli-deixa-mec-apos-revelacoes-de-falsidades-em-curriculo.shtml

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *