As portas que se abrem na educação básica

Gazeta do Povo

Engana-se quem pensa que a pandemia deixará como legado para as escolas apenas novas plataformas para postagem de vídeos e tarefas escolares ou professores aptos a produzirem maravilhosas videoaulas. O coronavírus abriu, para a educação básica, as janelas para uma jornada muito mais conectada, na qual alunos poderão ter aulas remotas, ao vivo, com profissionais de todo o planeta. A pandemia também escancarou a necessidade de revisão das propostas pedagógicas e disciplinares das escolas, que precisam abrir mais estradas, não serem limitantes, criarem mais itinerários formativos, ressaltarem as habilidades dos estudantes e darem a eles o poder de escolha sobre os assuntos nos quais querem se aprofundar.
https://www.gazetadopovo.com.br/opiniao/artigos/as-portas-que-se-abrem-na-educacao-basica/

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *