Material educativo traz dicas para navegação de crianças e adolescentes na web

Aprendiz

Flávio Aquistapace – 05/02/13

 

“Direitos e deveres online, conecte-se com respeito” é o tema desta edição Dia da Internet Segura.

Por sua natureza polivalente e livre, a internet pode ser o meio de difusão de crimes bastante diversos, que vão desde os mais notórios, como fraudes e pedofilia, até outros menos comentados, mas igualmente nocivos, como o preconceito, difamação e a injúria. O “Dia da Internet Segura”, ação articulada em 85 diferentes países busca a conscientização para combater esses crimes.

No Brasil, a data é comemorada nesta terça-feira, diz 5/2. A iniciativa visa conscientizar os usuários sobre o uso seguro e responsável da rede. “Direitos e deveres online, conecte-se com respeito” é o tema da campanha para este ano.

Para os educadores interessados em tratar do tema em sala de aula, um dos materiais disponíveis são ascartilhas online do movimento Família Segura na Internet. Com uma apresentação gráfica atraente e de fácil leitura, o material é dividido em 4 publicações digitais, disponíveis para download.

A primeira delas, “Criança Segura na internet” é um guia geral com informações voltadas tanto à crianças e adolescentes quanto a pais e professores. São tratados assuntos recorrentes no cotidiano do internauta, como recomendações nos casos de cyberbullying, até cuidados básicos que os próprios jovens e as crianças devem ter ao “baixar” um arquivo em seu computador.

Guia de Postura em Redes Sociais traz um resumo dos crimes praticados no ciberespaço, com a respectiva lei e penas previstas. “Minha Primeira Compra na Internet” traz dicas para realizar compras online com segurança. Completa o conjunto o livreto “A internet segura do Menino Maluquinho”, de Ziraldo. A narrativa mostra o entusiasmo do protagonista com a chegada da banda larga e a possibilidade de descoberta de novos vídeos e games. No percurso da história são apresentadas várias dicas para a aumentar a segurança durante a navegação.

Entre as atividades programadas para a data está um bate-papo online com o jornalista Marcelo Tas, o deputado federal Jean Wyllys e a ministra dos Direitos Humanos, Maria do Rosário. O debate acontece hoje (5/2), às 16h e será retransmitido pelo Portal EBC. Jovens comprometidos com a cidadania na web também participarão, como é o caso de Isadora Faber, estudante de Santa Catarina que criou a página Diário de Classe, no Facebook, contando as mazelas de sua escola.

Compartilhar no FacebookCompartilhar no Google+Tweet about this on TwitterImprimir esta páginaEnviar por e-mail

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *