Prioridade, escolas ficam fora de progressão de abertura da quarentena em SP

Zero Hora

O governo de São Paulo apresentou nesta quarta-feira (27) um novo plano para a reabertura gradual da economia do estado de São Paulo.

Mais uma vez setorizado e regionalizado, ele prevê uma graduação de atividades que podem progressivamente voltar a funcionar. A educação, assim como o transporte, é deixada de lado na escala.

Segundo o entendimento do governo, as escolas são setor que tem alto nível de vulnerabilidade econômica e, portanto, estão entre as prioridades, ao lado da economia criativa, salões de beleza, academias e restaurantes, por exemplo.

https://gauchazh.clicrbs.com.br/geral/noticia/2020/05/prioridade-escolas-ficam-fora-de-progressao-de-abertura-da-quarentena-em-sp-ckapnh5pv005701oswn2hag5o.html

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *