Sem computador nem apoio: Desigualdades na educação aumentam na pandemia

UOL Educação

Francielma Silva já estava desempregada quando as escolas foram fechadas em março de 2020 para conter a disseminação do coronavírus. Sem uma renda para comprar smartphone ou computador, seus filhos Fabíola, de 13 anos, e Fernando, 11, não conseguiram acompanhar as atividades escolares até o início deste ano. “Já estava desempregada, correndo atrás de serviço e não conseguia ajudá-los”, conta Francielma. O cenário se repete para muitas famílias pelo Brasil.

https://educacao.uol.com.br/noticias/2021/04/28/desigualdades-da-educacao-durante-a-pandemia.htm

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *