Rede estadual apresenta projeto da primeira escola pública bilíngue

Jornal O Globo – Publicado em 12/04/13

  • Colégio funcionará a partir de 2014
  • Convênio com a embaixada da França viabilizou programa
  • Antigo prédio do Museu da Imagem e do Som, no Centro, é uma das opções para abrigar instituição

 

<br />
Integração e linguagem. Bruno Delaye (à esquerda), embaixador da França no Brasil, e Wilson Risolia, Secretário de estado de Educação, apresentam o projeto da escola bilíngue no Maison de France<br />
Foto: Cris Torres/ Divulgação” width=”500″ height=”375″ /></p>
<div><figcaption>Integração e linguagem. Bruno Delaye (à esquerda), embaixador da França no Brasil, e Wilson Risolia, Secretário de estado de Educação, apresentam o projeto da escola bilíngue no Maison de France Cris Torres/ Divulgação </figcaption></div>
</figure>
</div>
</div>
<div>
<p>RIO – Professores de francês da rede estadual de ensino se reuniram com o secretário de Estado de Educação, Wilson Risolia, e com membros da embaixada da França, na manhã desta sexta-feira (12), no Teatro Maison de France, para dar início à elaboração do plano pedagógico da primeira escola pública bilíngue de Português-Francês, novo projeto da secretaria.</p>
<p>Ainda sem local definido, uma das possibilidades é que a nova escola funcione no antigo prédio do Museu da Imagem e do Som (MIS), no Centro, cedido pela Secretaria de Estado de Cultura à pasta de Educação. O prédio será adaptado para receber os alunos, e a previsão é que as aulas comecem em 2014. Até lá, serão realizadas reuniões semanais de planejamento pedagógico das atividades integradas, envolvendo todo o corpo docente de ensino da língua francesa da rede pública. O primeiro ano letivo da escola será composto por três turmas, cada uma delas com 34 alunos.</p>
<p>Durante a apresentação foram discutidos como o ensino do idioma integrará as disciplinas básicas do ensino médio com atividades voltadas para o aprendizado de aspectos da cultura francesa. Conceitos de História, Ciências e Geografia, por exemplo, serão ensinados nas duas línguas. Na próxima semana, será divulgado um edital da prova de seleção de novos professores. A carga horária destes profissionais será de 30 horas semanais.</p>
<p>A iniciativa da escola bilíngue foi criada a partir de um convênio firmado entre a Secretaria de Estado de Educação com a Académie de Créteil e a Embaixada da França. Assim como o Colégio Estadual José Leite Lopes, o Nave, que integra o ensino à pesquisa e ao desenvolvimento de tecnologia por alunos do ensino médio, o projeto da escola bilíngue integra o programa Dupla Escola. Para conseguir uma vaga na instituição, os alunos participarão de um processo seletivo. Além da escola bilíngue das línguas francesa e inglesa, a secretaria também avalia o mesmo modelo de implementação do ensino da língua espanhola.</p>
</div>
</div>
<!-- Simple Share Buttons Adder (6.1.5) simplesharebuttons.com --><div class=
Compartilhar no FacebookCompartilhar no Google+Tweet about this on TwitterImprimir esta páginaEnviar por e-mail

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *