Reabrir escolas é decisão da saúde, não dos pais

Folha de São Paulo

Se um pai tem o direito de não enviar seu filho à escola por receio de que este não estará seguro, como devem agir os professores caso tenham o mesmo receio?

Com as escolas fechadas há mais de quatro meses, o setor de educação enfrenta a incômoda discussão de planejar o retorno em um ambiente ainda nebuloso, marcado pelas dúvidas de pais, professores e gestores sobre quando e como voltar às atividades de ensino presencial.

https://www1.folha.uol.com.br/colunas/alexandre-schneider/2020/07/reabrir-escolas-e-decisao-da-saude-nao-dos-pais.shtml

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *