Publicidade de livros: O que mudou e o que não mudou?

Digital Book World – 14/05/2013 – Mary Cummings

Editora fala sobre novas possibilidades de marketing dos e-books

Não é fácil conseguir espaço publicitário para livros, e eu duvido que alguém não concorde comigo quando digo que a dificuldade é muito maior quando o dito livro é publicado apenas no formato eletrônico. Mesmo com a possibilidade do print-on-demand, muitas vezes nos vemos tentando convencer resenhistas a pelo menos darem uma olhada antes de dizerem “não”. Mas isso está mudando, mesmo que devagar, e em vez de cair na futilidade, eu acredito que e-books contribuem com suas próprias peculiaridades quando o assunto é publicidade. Acho que a chave está em mudar a maneira como vemos o marketing de livros e analisar realisticamente onde estamos no negócio puramente digital.

 

Compartilhar no FacebookCompartilhar no Google+Tweet about this on TwitterImprimir esta páginaEnviar por e-mail

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *