Primeira negra assume reitoria de uma universidade federal brasileira

O POVO Online

Nilma Lino tomou posse em Brasília, como reitora da Unilab

 

A pedagoga Nilma Lino Gomes assumiu, ontem, a reitoria da Universidade da Integração Internacional da Lusofonia Afro-Brasileira (Unilab) com um desafio de liderar a mais nova das universidades federais. A solenidade de transmissão do cargo de reitor da instituição foi realizada ontem no Anfiteatro do Campus da Liberdade, em Redenção (a 63 quilômetros de Fortaleza).
“Eu diria que a minha participação e presença é fruto de uma luta social para a promoção da igualdade racial, social e da minha trajetória acadêmica e profissional. Estamos tendo a possibilidade de ver diversidade ética representando diversos lugares. Acho que ainda é pouco, mas precisamos caminhar”, disse a nova reitora, durante a cerimônia de posse, que ocorreu na na Sala de Atos do Ministério da Educação (MEC), em Brasília (DF).
A mineira Nilma Lino Gomes é mestre em Educação pela Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG), doutora em Ciências Sociais pela Universidade de São Paulo (USP) e pós-doutora em Sociologia pela Universidade de Coimbra, em Portugal.
“Tenho o desejo de que o Brasil tenha expressões da diversidade étnica e racial nos diversos setores da sociedade, não somente na academia”, afirmou a nova reitora que, entre 2004 e 2006, presidiu a Associação Brasileira de Pesquisadores Negros (ABPN) e desde 2010 integra a Câmara de Educação Básica do Conselho Nacional de Educação, onde participa da comissão técnica nacional de diversidade para assuntos relacionados à educação dos afro-brasileiros.

Compartilhar no FacebookCompartilhar no Google+Tweet about this on TwitterImprimir esta páginaEnviar por e-mail

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *