Por que países ensinam inglês tão mal?

Porvir – 20/02/15 

Matéria da revista britânica The Economist fala de como o inglês é mal ensinado no México (apesar da proximidade geográfica com os EUA) e no mundo não-anglófono. Entre os problemas mais comuns estão a contratação de professores por meio de testes escritos em vez de orais e a pouca conversação em sala de aula. É como se alguém tivesse aula de natação sem nunca ter que entrar na água.

Além do México, Japão e China são citados como países com problemas de metodologia e de formação de professores. No Uruguai, a tecnologia tem ajudado a superar as dificuldades e, no Canadá, uma experiência mostra a chineses como aprender inglês por meio de outras disciplinas pode trazer bons resultados.

The Economist

Compartilhar no FacebookCompartilhar no Google+Tweet about this on TwitterImprimir esta páginaEnviar por e-mail

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *