Plataforma de cursos online cria seção só para formação de professores

Estadão – 07 de maio de 2013 – Vinícius Bopprê, do portal Porvir

Eles terão duração de 3 a 4 semanas; Coursera planeja emitir certificados de participação

Tablet na sala de aula, cursos online gratuitos, arquivos na nuvem, redes sociais. Para ajudar educadores a lidar com a chegada dessas novidades, o Coursera vai oferecer, a partir de julho, uma nova categoria de cursos gratuitos para formação de professores do ensino fundamental e médio. As aulas serão realizadas em parceria com sete tradicionais escolas, incluindo a Faculdade de Educação da Universidade de Washington, a Universidade da Califórnia e a Faculdade de Educação da Universidade John Hopkins. Além disso, a plataforma anuncia uma nova rede de instituições de ensino e museus, incluindo o Museu Americano de História Natural, o Commonwealth Education Trust, o Exploratorium (museu de ciência, arte e percepção humana) e o Moma (Museu de Arte Moderna) de Nova York.

“Ajudar professores a melhorar suas habilidades é uma contribuição importante que podemos dar para a educação de estudantes de todo o mundo. Estamos muito empolgados com as possibilidades que esses cursos online e gratuitos podem trazer para professores, escolas e cidades”, diz Julia Stiglitz, que supervisiona o desenvolvimento de negócios e parcerias no Coursera.

Serão 28 opções de cursos. A primeira delas, chamada Arte e Investigação: Estratégias do Ensino do Museu para a Sala de Aula, ministrado pelo Moma, já tem data marcada para começar: 29 de julho. Entre os outros cursos estão Primeiro Ano de Ensino – Sucesso Desde o Começo, do New Teacher Center, uma organização sem fins lucrativos norte-americana dedicada à capacitação de professores; Genética e Sociedade – Um curso para educadores, do Museu Americano de História Natural; Fundamentos para o Ensino Virtual, da Universidade da Califórnia; e Engajando os Estudantes por meio do ensino colaborativo, da Faculdade de Educação da Universidade John Hopkins. Eles terão duração de 3 a 4 semanas e o Coursera planeja emitir certificados de realização para os professores.

O fato de o Coursera ter, pela primeira vez, alcançado um público não universitário trouxe à tona a discussão sobre a possibilidade de a plataforma oferecer cursos também para alunos do ensino médio. Por enquanto, garante o Coursera, não existem planos para criar Moocs para estudantes do ensino médio. Mas eles dizem não ser impossível que eles mudem de ideia.

 

Compartilhar no FacebookCompartilhar no Google+Tweet about this on TwitterImprimir esta páginaEnviar por e-mail

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *