No Senado, ministro da Educação admite erro por e-mail, defende cotas e sugere mais alunos nas salas

BRASÍLIA – O ministro da Educação, Ricardo Vélez Rodríguez, foi convidado pela Comissão de Educação, Cultura e Esporte do Senado Federal para expor nesta terça-feira, 26, em audiência pública, as diretrizes que seu ministério pretende seguir ao longo dos próximos quatro anos. Na sessão, o ministro admitiu que errou ao enviar e-mail contendo slogan do governo e pedindo que escolas filmassem crianças após a realização do Hino Nacional, defendeu a política de cotas e sugeriu aumentar o número de alunos por sala de aula.

Estadão – Educação

https://educacao.estadao.com.br/noticias/geral,no-senado-ministro-da-educacao-admite-erro-por-e-mail-defende-cotas-e-sugere-mais-alunos-nas-salas,70002736736

 

 

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *