Fechamento das escolas coloca o país entre os piores do mundo em relação à educação na pandemia

Revista Época

Tudo parece muito familiar. O horário de acordar é o mesmo de antigamente. O da saída de casa, idem. O itinerário também é igual. É na chegada à porta da escola que a realidade se impõe. Fica claro que não, a vida não voltou totalmente ao normal. A máscara no rosto, o número reduzido de crianças e jovens e os funcionários com termômetro na frente do prédio são sinais inequívocos de que ainda estamos no meio da pandemia. Bem-vindo a uma volta às aulas como nenhuma outra antes.

https://epoca.globo.com/sociedade/fechamento-das-escolas-coloca-pais-entre-os-piores-do-mundo-em-relacao-educacao-na-pandemia-24870196

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *