Computadores vão algum dia substituir professores?

Porvir  – 24/02/15 

Em 1972, um computador foi usado em uma classe dos Estados Unidos pela primeira vez, para alunos responderem perguntas. Quarenta anos depois, ainda se debate o quanto máquinas vão afetar a vida dos professores, podendo até deixá-los desempregados, já que a tendência do ensino online (parcial ou completo) é cada vez maior. A Florida Virtual Schools e a Rocketship Schools, localizadas nos Estados Unidos, são exemplos disso – a última já usa computador em 25% do tempo que o aluno passa na escola.

Mesmo reduzindo custos e com os equipamentos ajudando cada vez mais no aprendizado – pesquisas apontam que os alunos conseguem aprender sozinhos com a tecnologia -, especialistas dizem que esse risco de troca completa não acontece. Segundo eles, se precisará sempre de um guia para os estudantes serem direcionados na internet, e o papel ficará inclusive mais difícil, já que os docentes precisarão dominar a tecnologia para usá-la em benefício próprio, além de serem treinados para um outro papel no futuro, mais de amigo do que de mestre.

The Guardian

Compartilhar no FacebookCompartilhar no Google+Tweet about this on TwitterImprimir esta páginaEnviar por e-mail

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *