Começa avaliação do Saeb para 7,6 milhões de alunos em todo o País

Estadão – Educação – 11 de novembro de 2013

Saeb é composto por três avaliações, que são usadas na formulação de políticas públicas de educação básica; neste ano, exame ocorrerá até dia 21

Começa nesta segunda-feira, 11, a aplicação das provas do Sistema Nacional de Avaliação da Educação Básica (Saeb) para cerca de 7,6 milhões de estudantes do ensino fundamental e médio de todo o País. O exame ocorrerá até o dia 21.

Aplicado pelo Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais (Inep), o Saeb é composto por três avaliações: a Avaliação Nacional da Educação Básica (Aneb), a Avaliação Nacional do Rendimento Escolar (Anresc) – também conhecida como Prova Brasil – e a Avaliação Nacional de Alfabetização (Ana).

Os resultados dessas provas são usados para formulação, reformulação e monitoramento das políticas públicas de educação básica.

A Aneb, que é aplicada a cada dois anos, é composta por provas de leitura e matemática. Ela será aplicada para 246 mil estudantes do 5º e do 9º anos (4ª e 8ª séries) do ensino fundamental e do 3º ano do ensino médio das redes pública e particular.

A Prova Brasil, composta por exames de leitura e matemática, será feita por cerca de 4,7 milhões de estudantes. Participarão dessa prova escolas com pelo menos 20 estudantes matriculados em turmas do 5º e do 9º anos (4ª e 8ª séries) do ensino fundamental de escolas públicas das zonas urbana e rural. Ela é aplicada a cada dois anos e a última vez em que ocorreu foi em novembro de 2011, para 4,2 milhões de estudantes.

Já a Ana será aplicada pela primeira vez neste ano e terá periodicidade anual. Ela contará com provas de leitura, de escrita e de matemática. Serão avaliados em torno de 2,6 milhões de estudantes do 3º ano do ensino fundamental de escolas públicas das zonas urbana e rural que estejam organizadas no regime de nove anos. O exame será aplicado, segundo o Ministério da Educação (MEC) em todas as turmas regulares e em uma amostra de turmas multisseriadas.

“Essas avaliações são extremamente importantes para que os sistemas de ensino acompanhem a qualidade do aprendizado dos estudantes e, quando necessário, realizem intervenções pedagógicas para aprimorar o processo de ensino-aprendizagem”, afirmou o presidente do Inep, Luiz Cláudio Costa, em nota do MEC.

Teste. Neste ano, será aplicada a prova de Ciências para uma amostra de 84,7 mil estudantes. Destes, 56,7 mil estão em turmas do 9º ano do ensino fundamental e farão o exame como parte da Prova Brasil. Outros 28 mil estão no 3º ano do ensino médio e realizarão a prova como parte da Aneb.  A aplicação tem caráter experimental e tem como objetivo validar as matrizes de ciências no Saeb.

Na Aneb e na Prova Brasil, estudantes, professores, diretores de instituições e aplicadores vão responder questionários contextuais, que servirão como instrumentos de coleta de informações sobre aspectos da vida escolar, do nível socioeconômico e cultural dos alunos, formação profissional, práticas pedagógicas e formas de gestão, entre outros. Na Ana, os questionários contextuais serão respondidos apenas por professores e gestores.

*Com informações do Ministério da Educação.

Compartilhar no FacebookCompartilhar no Google+Tweet about this on TwitterImprimir esta páginaEnviar por e-mail

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *