Brasil é dos poucos países que não aumentaram recursos para educação na pandemia

Folha de São Paulo

O estudo avaliou os impactos da pandemia na educação de 35 países que fazem parte do grupo e oito nações parceiras, entre elas o Brasil.

Segundo o documento, antes da pandemia, o Brasil usava 4% de seu PIB no ensino básico, da educação infantil ao ensino técnico.

Na contramão em relação a outros lugares, o percentual não foi alterado em 2020 nem em 2021 para fornecer mais recursos às escolas para que pudessem enfrentar os prejuízos provocados pela crise sanitária.

https://www1.folha.uol.com.br/educacao/2021/09/brasil-e-dos-poucos-paises-que-nao-aumentaram-recursos-para-educacao-na-pandemia.shtml

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *