Apple e Santander instalam “espaços digitais” em universidades brasileiras

Terra – 28/05/15

Uma parceria entre o banco Santander e a Apple promove a construção de espaços digitais em instituições de ensino superior do Brasil utilizando-se somente de equipamentos da empresa fundada por Steve Jobs.

Até o momento foram entregues 45 salas no país, sendo a primeira no Instituto Mauá de Tecnologia (IMT), que conta com capacidade para 21 alunos e “promove a pesquisa e o enriquecimento dos trabalhos acadêmicos, além de ser um bom espaço para a realização de aulas práticas”, destacou o banco em comunicado.

Até o final deste ano, mais duas universidades receberão espaços com equipamentos Apple: a Universidade do Vale do Rio dos Sinos, que fica em São Leopoldo (RS), e a Faculdade São Camilo, na capital paulista.

O banco espanhol foi o responsável pela compra dos equipamentos e montagem das salas, enquanto a empresa norte-americana cuidou da capacitação dos professores que utilizarão os novos espaços acadêmicos.

Dentre os equipamentos disponibilizados no espaço digital estão 15 computadores iMac, um iPad para uso do professor, uma Apple TV acompanhada de uma televisão HD de 55 polegadas, 15 Office Mac e um servidor Mac com Switch Gigabit.

“As universidades parceiras serão beneficiadas por uma moderna infraestrutura laboratorial de informática e poderão utilizar novas didáticas de ensino e ampliar o acesso ao mundo digital”, afirmou Jamil Hannouche, diretor do Santander Universidades.

A iniciativa faz parte do Plano de Apoio à Educação Superior (PAES) do banco Santander, que tem o objetivo de contribuir para o desenvolvimento econômico do país.

Compartilhar no FacebookCompartilhar no Google+Tweet about this on TwitterImprimir esta páginaEnviar por e-mail

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *