A religião do livro didático eletrônico

PublishNews – 18/02/2013 – Por Greg Bateman

18/02/2013

 

Apesar de ter optado por sol e samba durante o Carnaval em vez de neve e seminários na conferência Tools of Change de Nova York, estive acompanhando os últimos acontecimentos. Editoras Educativas,estão ouvindo? Esta é para vocês.
Logo após a publicação do edital PNLD 2015, empresas de tecnologia norte-americanas começaram a lançar ecossistemas completos de editoração para livros educativos. Não estamos falando de start-ups estilo 3 geeks na garagem, mas de empresas com capitais de dezenas de milhões de dólares investindo nas mais recentes tecnologias colaborativas nas nuvens.
A ex-empresa de aparelhos de e-reading Kno.com sabe que um ecossistema não tem só a ver com lançamentos de um aplicativo específico, uma plataforma de distribuição ou uma ferramenta de editoração. Você precisa de todos estes componentes juntos. Na última terça eles lançaram o Advance, uma nova ferramenta de autoração que dá aos editores a possibilidade de acrescentar elementos de interatividade ao catálogo de livros didáticos em PDF. O melhor de tudo é a plataforma de suporte da Kno. Eles não só dão suporte aos i-devices, mas também a Windows 7 e 8, e têm até uma solução para o desafio que é o Linux para padrões editoriais.
Inkling sabe que para criar livros interativos é preciso começar do zero. Isto significa criar códigos em HTML, como fizemos para criar ePub 2.0 ou ePub 3.0. Mas os resultados valem a pena. Adoro o nível de controle e melhorias que criei até agora no Habitat tool beta, que foi lançado para o público na terça-feira. Apesar de ostensivamente focado na experiência com o iPad, a Inkling tem uma versão web que dá apoio a várias plataformas.
E não podemos esquecer dos nossos amigos da Adobe. A Kno e a Inkling são, sem dúvida, as estrelas no mundo da publicação educacional, mas a Adobe sempre teve um ecossistema forte para apoiar melhorias – tanto em múltiplas plataformas (PDF) quanto para tablets (Folio). Apesar de não ser um grande fã da conversão de páginas de texto para imagens, como é feito no padrão Folio, uma biblioteca diversificada dewidgets interativos, da Adobe e de terceiros, deixa a Digital Publishing Suite da Adobe bastante interessante. E se ficarmos com o velho e bom PDF, usando o CS6, agora podemos adicionar testes e animações diretamente nos arquivos do InDesign.
Todos os ecossistemas de publicação têm seus prós e contras, e merecem ser estudados. Antes de escolher sua “religião” de livros educativos interativos, sinta-se livre para me contatar em @hon_dana ougreg@hondana.com.br.

 

Greg Bateman, expert em tecnologia e empreendedor do negócio de e-books, é conhecido pelo seu envolvimento na criação de produtos extremamente bem-sucedidos, como os smartphones da Samsung e o Kindle, da Amazon. Na Vook, ele desenvolveu uma eficiente cadeia de produção de centenas de e-books por semana. Greg, que nasceu nos Estados Unidos, viveu nove anos no exterior, onde intermediou várias parcerias envolvendo Coreia, China, Japão e EUA. Hoje mora no Brasil, em São Paulo. Ele é pesquisador visitante da Universidade de Tóquio, tem duas graduações pela Universidade da Califórnia em Berkeley (engenharia elétrica/ciência da computação e literatura japonesa) e um MBA pela Columbia Business School. 

Compartilhar no FacebookCompartilhar no Google+Tweet about this on TwitterImprimir esta páginaEnviar por e-mail

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *